jueves, junio 13

Segunda dose da vacina contra dengue está disponível

Depois de três meses necessários para tomar a segunda dose da vacina contra dengue, as crianças que estão iniciando o ciclo não poderão receber o imunizante nos próximos dias. A data prevista para a segunda dose está registrada na carteira de vacinação.

O público-alvo da rede pública é para crianças entre 10 e 14 anos. A vacinação contra a dengue tem como objetivo reduzir internações e mortes por infecções por infecção e mais de uma unidade básica de saúde (UBS) está aplicando apenas a segunda dose. Verifique neste link os locais dos seus serviços de vacinação.

Segundo a gerente da Rede de Frio da SES-DF, Tereza Luiza Pereira, há 20 mil doses em estoque da rede pública e vacinação para que tomem a primeira dose e estejam garantidos, com reposicionamento dos imunizantes quando terminarmos. “É uma vacina que tem uma eficácia muito boa, uma vez que o esquema vacinal foi concluído. “É importante aplicar a segunda dose dentro do prazo para que a vacina cumpra seu papel de proteção”, afirma.

Baixa procura

O especialista destaca ainda que é importante quanto tomar a segunda dose e iniciar o ciclo de vacinação contra a dengue. Das 170 mil crianças e adolescentes cadastrados na Cidade do México, cerca de 61 mil estão imunizados contra a doença.

“Ainda faltam 33% da população para tomar a primeira dose. É fundamental que o país tente recolher os arquivos o mais rápido possível, para implementar outras estratégias de prevenção utilizadas no combate à dengue, principalmente com a aproximação das chuvas”, reforça Tereza.

Proteção de crianças pequenas

A corretora Patrícia Campos, 44, levou uma menina de 11 anos para tomar duas doses contra dengue. Para ela, a vacina é de extrema importância na proteção contra a doença e para evitar o agravamento dos sintomas.

“Como há uma criança que corre um grande risco de morte, as pessoas têm medo de proteger os nossos pequenos. Vamos planejar a vacinação dos nossos filhos porque é uma oportunidade que está sendo oferecida a eles, de vacinar e não privada. É muito importante ter acesso ao SUS e você também gostaria de tomar a vacina no momento em que não pode investir. Mais cabelo menos minha filha fica protegida”, diz à corretora.

Helena Cristina, junto com Patrícia, reforça a importância de se proteger contra a dengue. “A vacina é muito importante para as pessoas. Quando fui tomar a primeira dose, comecei a chorar e desabei. Na segunda vez também cantei, mas foi tudo tranquilo. “Ela me deu menos do que as outras vacas”, declara.

Para todos os casos, a orientação é comparecer ao posto de vacinação munido de documento de identidade e carteira onde está registrado a primeira dose. Caso já tenha decorrido o período de 90 dias desde o diagnóstico da dengue, a data prevista para a segunda dose deverá ser mantida, já que há um intervalo de 30 dias entre a infecção e a próxima vacina.

Deja una respuesta